Image
Arquipelago de Origem:
Alemanha
Data da Peça:
1476-00-00
Data de Publicação:
24/02/2021
Autor:
Oficina de Nuremberga
Chegada ao Arquipélago:
2021-02-24
Proprietário da Peça:
Paróquia de São Lourenço de Nuremberga
Proprietário da Imagem:
José Liberato
Autor da Imagem:
José Liberato
Vitral dos Imperadores do Sacro Império Romano Frederico III e D. Leonor de Portugal da igreja de São Lourenço de Nuremberga, oficina local, 1476 a 1477, Alemanha

Categorias
    Descrição
    Vitral dos Imperadores do Sacro Império Romano Frederico III e D. Leonor de Portugal da igreja de São Lourenço de Nuremberga.
    Fester Kaiser Friedrichs III
    Vitral de oficina de Nuremberga, 1476 a 1477.
    Fotografia de José Liberato, 12 de agosto de 2019.
    St. Lorenz kirche, Nurenberg, Alemanha.

    As igrejas da cidade de Nuremberga, como cidade imperial, eram suportadas economicamente pelas principias famílias alemães, que comparticiparam no recheio, fazendo-se representar nos magníficos vitrais com as suas armas, como sobre o altar-mor da igreja de São Lourenço, o imperador Frederico III (1415-1493) e a sua mulher D. Leonor de Portugal (1434-1467), filha do rei D. Duarte (1391-1438) e de D. Leonor de Aragão (1402-1445), aparecendo assim ao seu lado as armas de Portugal. O casal foi apresentado em Siena, a 28 de fevereiro de 1452 e casou em Roma, onde ocorreu a sua sagração como imperadores do Sacro Império Romano, a 19 de março de 1452, pelo papa Nicolau V (Tommaso Parentucelli, 1397-1447-1455). Foram pais, depois, do imperador Maximiliano I (1459-1519). A igreja de São Lourenço foi reformulada a partir de 1250 sobre uma outra muito mais antiga, de 650 e entre 1390 e 1446, levantaram-se as novas naves e por 1493 a 1496, o seu célebre tabernáculo, trabalho do escultor e mestre de obras Adam Kraft (or Krafft) (c. 1460-jan.1509), que se fez representar na base, suportando aquela monumental obra e em corpo inteiro.