Image
Arquipelago de Origem:
Vista do Cemitério das Angústias do Funchal na vista panorâmica da cidade do Funchal, desenho de Emily Geneviève Smith, 1843 (c.), litografado por Louis Haghe, Londres, 2ª edição, 1844, ilha da Madeira.
Data da Peça:
1843-00-00 00:00:00
Data de Publicação:
20190805
Autor:
Emily Geneviève Smith e outros
Chegada ao Arquipélago:
2019-08-05 00:00:00
Proprietário da Peça:
Biblioteca Nacional de Portugal
Proprietário da Imagem:
Biblioteca Nacional de Portugal
Autor da Imagem:
Biblioteca Nacional de Portugal
Vista do Cemitério das Angústias do Funchal na vista panorâmica da cidade do Funchal, desenho de Emily Geneviève Smith, 1843 (c.), litografado por Louis Haghe, Londres, 2ª edição, 1844, ilha da Madeira.

Categorias
  • Arquitectura Civil
    • Equipamento urbano e rural
    • Habitação
    • Quintas e jardins
    • Urbanismo
  • Arquitectura e Engenharia Militares
    • Abaluartada
    • Fortaleza de Transição
  • Arquitectura religiosa
    • Capela
    • Cemitério
    • Cruzeiro
  • Bibliografia
    • Livros antigos
  • Documentos
    • Gravura / litografia
  • Fotografia / imagem
    • Costumes
    • Paisagens rurais e urbanas
  • Personalidades
    • Editores e livreiros
    • Pintores, gravadores e douradores
  • Pintura
    • Aguarela
    • Gravura
Descrição
Vista do Cemitério das Angústias do Funchal.
Pormenor da A panoramic view of the city of Funchal, in the Island of Madeira
Sketched on the Spot by Mrs. Reginald Southwell Smith [Emily Geneviève Smith, 1817-1877], of Stafford Rectory, Dorset; executed in the tinted style of lithography, by L. Haghe, Esq. lithographer to the Queen
.
Litografia, 30 x 40 cm. ; 30 x 120 cm. (3 folhas coladas em tela)
Emily Geneviève Smith (1817-1877) e Louis Haghe (1806-1885)
Second edition.
Weymouth: published by B. Benson, Library, Alpha Place, D. Bogue, Flatt Street, London; R. Innes, Funchal. Madeira, 1844
Exemplar da Biblioteca Nacional de Portugal, impressos reservados, D.S. XIX - 643//2,
Lisboa, Portugal.

Álbum constituído por quatro folhas impressas: rosto, lista de subscritores, dedicatória e uma breve descrição da ilha da Madeira, subscrita com as iniciais E. G. S. (Emily Genevieve Smith [Mrs. Reginal Southwood Smith]); a litografia panorâmica, levemente aguarelada em monocromia, é composta por três folhas montadas sobre tela contínua, com as dimensões de 30 x 120 cm., e foi estampada segundo desenhos originais da mesma autora. Emily Geneviéve Smith (Paris, 31 Ago. 1817; Londres, 27 Abr. 1877). Filha de Hanson Simpson, de Batth, em Inglaterra, foi nesta cidade que iniciou os seus estudos, onde se incluiu o desenho e aguarela, chegando a frequentar um curso em Londres. A 25 de Fevereiro de 1836 casou com o reverendo anglicano Reginald Southwell Smith (1809-1895), mudando-se para a paróquia de Dorchester. O reverendo, no entanto, em 1840, teve dificuldades de saúde, pelo que vieram para a Madeira, aí estando entre 1841 e 1843. Emily Genevieve Smith reuniu num álbum de aguarelas e de diários outros autores, como o reverendo Moore, Mrs. Kalley, Webster Gordon, Miss Young, Mrs. Júlia Penford, Misss Ellen White e Miss Hayward, parecendo assim ter havido uma troca de experiências, ou de desenhos, dando aval à existência, senão de aulas de pintura com o pintor Andrew Picken (1815-1845), pelo menos de troca de impressões a esse respeito.