Image
Arquipelago de Origem:
São Pedro (Funchal)
Data da Peça:
1930-00-00 00:00:00
Data de Publicação:
15/09/2022
Autor:
Mestre local
Chegada ao Arquipélago:
2022-09-15
Proprietário da Peça:
Privado
Proprietário da Imagem:
Paulo Santos Perneta/Wiki
Autor da Imagem:
Paulo Santos Perneta
Residência dos viscondes Geraz do Lima e de Beatriz Helena de Barros Lima, reforma de 1930 (c.), Rua dos Netos, Funchal, ilha da Madeira

Categorias
    Descrição
    Residência dos viscondes Geraz do Lima e de Beatriz Helena de Barros Lima,
    (1884-1973)
    Reforma de 1930 (c.)
    Fotografia de Paulo Santos Perneta, 25 de agosto de 2020.
    Rua dos Netos, n.º 30, Funchal, ilha da Madeira

    Beatriz Helena de Barros Lima nasceu no Funchal a 3 de julho de 1884, filha do 2º visconde de Geraz do Lima, e de D. Ana Sofia Welsh de Freitas Lomelino. Era prima e amiga da escritora Luísa Grande Lomelino, conhecida como Luzia. Beatriz trabalhou como enfermeira na Cruz Vermelha Portuguesa, saindo dos padrões da etiqueta feminina da época. A delegação da Cruz Vermelha na Madeira foi instalada em 1914, tendo como primeiro presidente o seu pai, o visconde de Geraz do Lima. Aquando dos ataques do submarino alemão, a 3 de dezembro de 1916, Beatriz, acompanhada pela mãe, participou no socorro aos feridos, sendo, pela bravura demonstrada durante os salvamentos, condecorada em 29 de julho de 1919 com o oficialato da Torre e Espada, tendo recebido ainda a Medalha de Valor e Mérito da Cruz Vermelha Portuguesa. As qualidades de caridade e filantropia que então demonstrou foram publicamente reconhecidas pela imprensa da época, e nunca a abandonaram ao longo da vida, presidindo também às Visitadoras da Assistência aos Indigentes da Madeira. Viveu quase toda a vida no palacete Geraz de Lima à rua dos Netos n.º 30, onde veio a falecer a 1 de julho de 1973, aos 89 anos. (Roteiro Mulheres do Funchal, n.º 10, 2020)