Image
Arquipelago de Origem:
São Pedro (Funchal)
Data da Peça:
1849-01-05
Data de Publicação:
26/03/2024
Autor:
Padre Joaquim Gomes da Silva Lume
Chegada ao Arquipélago:
2024-03-26
Proprietário da Peça:
ABM/ARM
Proprietário da Imagem:
ABM/ARM
Autor da Imagem:
ABM/ARM
Registo de batismo de Henriqueta Júlia e Diogo Sarsfield, 5 de janeiro de 1849, filhos de Guilherme Henrique Sarsfield e Cândida de Ornelas, residentes no Sítio da Pontinha, São Pedro do Funchal.

Categorias
    Descrição
    Registo de batismo de Henriqueta Júlia  Sarsfield e Diogo Sarsfield, filhos de Guilherme Henrique Sarsfield e Cândida de Ornelas.
    (São Martinho, 21 maio 1815-) e (São Pedro, ), casados depois a 10 ago. 1856, quando Guilherme Henrique se encontrava doente
    Registo de batismo, Henriqueta Júlia, nascida 14 abr. 1844 e Diogo, 26 nov. 1848, filhos de Guilherme Henrique Sarsfield e de Cândida de Ornelas, ambos residentes no Sítio da Pontinha (mas em 1856, citados como na Penha de França)
    Padre Joaquim Gomes da Silva Lume, vigário colado da igreja colegiada paroquial de São Pedro do Funchal, 5 jan. 1849, então filhos naturais, mas legitimados depois pelo subsequente casamento dos pais celebrado nesta paróquia a 10-08-1856.
    Padrinhos Angélica Augusta e Pedro Jorge Monteiro.
    Livros de Batismo de São Pedro do Funchal, Liv. 118, f. 5  v.º
    PT/ABM/PFUN08/001/00026/000024

    Henriqueta Júlia Sarsfield (14 abr. 1844-) casou depois com Manuel José da Silveira Júnior na paróquia de São Pedro a 11 set. 1865. Tiveram uma filha, D. Maria José Silveira, que casou com Pedro da Cunha Pires na paróquia de São Martinho a 21 dez. 1884 (identificação deste casal a partir da imagem VIC/2045). A única filha deste casal, Alda da Cunha Pires nasceu a 11 set. 1888.
    Diogo Sarsfield (Pontinha, Penha de França, São Pedro, 26 nov. 1848; 1913) foi membro da "Esquadra Submarina de Navegação Terrestre" tal como o seu cunhado capitão Bernardino Pereira Júnior (1858-1932),  que casara com Emília Carmina Sarsfield e ambos estão identificados na foto do "Estado Maior" da referida esquadra na obra "As Esquadras de Navegação Terrestre" de César Pestana (1904-1985) , tendo sido tesoureiro da Direção das Obras Públicas do Distrito e membro dos Bombeiros Voluntários do Funchal, de que há fotografia fardado de 30 abr. 1889.