Image
Arquipelago de Origem:
Funchal
Data da Peça:
1969-12-00 00:00:00
Data de Publicação:
20200123
Autor:
Diário de Notícias
Chegada ao Arquipélago:
2004-07-18 00:00:00
Proprietário da Peça:
Diário de Notícias do Funchal
Proprietário da Imagem:
Diário de Notícias do Funchal
Autor da Imagem:
Rui Carita
Prof. Marcello Caetano em São Lourenço, 1969, ilha da Madeira

Categorias
  • Armamento e fardamento militares
    • Uniformes
  • Arquitectura Civil
    • Paços, solares e palácios
  • Documentos
    • Fotografia
  • Fotografia / imagem
    • Personalidades
      • Militares
      • Ministros, secretários, deputados e políticos
      • Presidentes e governadores civis
    Descrição
    Sessão no Palácio de São Lourenço.
    Funchal, Dezembro de 1969.
    Foto Diário de Notícias, Funchal, ilha da Madeira.

    José das Neves Alves Marcello Caetano (1906-1980). Licenciado em Direito em 1927 pela Universidade de Lisboa, foi o primeiro a doutorar-se na mesma Universidade (1931) na especialidade de Ciências Politico-Económicas, vindo a ser reitor, entre 1959 e 1962. Vogal da União Nacional em 1932, foi comissário da Mocidade Portuguesa, ministro das Colónias e presidente da comissão executiva da União Nacional. Sucedeu a Salazar, como ministro da Presidência e depois chefe do governo, entre 1968 e 1974. Afastado com pronunciamento militar de 1974, veio a ser director do Instituto de Direito Comparado na Universidade Gama Filho, no Rio de Janeiro, onde faleceu. Na Sala Dourada, o então Presidente do Conselho de Ministros recebe a comunicação do Presidente da Junta Geral de que o seu nome seria dado ao Estádio dos Barreiros. Da esquerda para a direita: Cor. Fernando Homem Costa, presidente da Junta Geral, jornalista Armindo de Abreu, Carlos Spínola, 1º de Abril, Cor. Acciauoli, Dr. Agostinho Cardoso, Eng. Pinto Eliseu, depois secretário de Estado das Obras Públicas, Prof. Marcello das Neves Caetano, Eng. Merville de Araújo, Cor. Artur Teodoro Ramos, chefe do E.M. do Quartel general, Dr. Fernando de Almeida Couto, presidente da Câmara Municipal do Funchal, e Cor. D. António Braamcamp Sobral, governador civil do Distrito.
    Antiga Exposição Permanente de São Lourenço, n.º 57.