Image
Arquipelago de Origem:
Freguesia da Sé (Funchal)
Data da Peça:
1945-00-00 00:00:00
Data de Publicação:
20161231
Autor:
Max Römer
Chegada ao Arquipélago:
2004-05-16 00:00:00
Proprietário da Peça:
Museu da Quinta das Cruzes
Proprietário da Imagem:
DRAC
Autor da Imagem:
Manuela Aranha
Pilar de Banger, aguarela de Max Römer, 1945, Funchal, ilha da Madeira

Categorias
  • Arquitectura Civil
    • Urbanismo
  • Documentos
    • Bilhete-postal
  • Pintura
    • Aguarela
Descrição
Pilar de Banger, Madeira
Aguarela, 21 x 29 cm.
Max Römer, 1945 (o Pilar, no entanto, fora demilido em 1939).
Museu da Quinta das Cruzes.
Bilhete-postal da DRAC, 1990.
Funchal, ilha da Madeira

O pilar de Banger tinha sido construído pelo comerciante inglês John Light Banger, em 1798 e visava servir, com a sua altura de mais de vinte metros, como guindaste e cabrestante para transporte de mercadorias dos navios ao largo para a praia do Funchal. O aumento da envergadura dos navios, rapidamente, inviabilizou essa utilização, servindo até aos inícios do século XX como posto de sinais à Casa Blandy, avisando os exportadores das encostas da cidade da chegada ao porto dos navios e a que companhia pertenciam. Foi demolido em 1939, perante imensa polémica na comunicação social, para ampliação da marginal do Funchal e construção da futura Avenida do Mar. Colecção com texto e legendas de Francisco Clode de Sousa, selecção e fotografias de Manuela Aranha.