Image
Arquipelago de Origem:
Serra Leoa
Data da Peça:
1520-00-00
Data de Publicação:
24/05/2024
Autor:
Oficina sapi-portuguesa
Chegada ao Arquipélago:
2024-05-24
Proprietário da Peça:
Musée du quai Branly, Jacques Chirac
Proprietário da Imagem:
Sailko/Wiky
Autor da Imagem:
Musée du quai Branly, Jacques Chirac
Olifante ou trompa de caça de aparato sapi-portuguesa do Musée du quai Branly de Paris, Serra Leoa, 1520 (c.), França.

Categorias
    Descrição
    Trompa de aparato ou olifante.
    Marfim de elefante esculpido, .
    Oficina sapi-portuguesa da Serra Leoa, 1490 a 1530, talvez 1520 (c.).
    Fotografia de Sailko, 2016
    Musée du quai Branly, Jacques Chirac (No 71.1933.6.1 D), Paris, França.

    Este grupo de peças tem sido atribuído às oficinas da Serra Leoa com base no relatório de 1506/10 do informador e editor Valentim Fernandes (c. 1450-1519), conhecido pelo manuscrito deste impressor, Códice da Biblioteca de Munique ou Relação de Diogo Gomes, que forneceu os dados, onde se escreveu que os habitantes desta área possuíam especial talento manual para a execução de saleiros de marfim e de colheres, executando as gravações com base em desenhos que lhes forneciam. Até à data, ao que saibamos, foram registadas pelo menos 41 trompas de marfim sapi e bini-portuguesas, assim como 63 saleiros - completos ou fragmentados - 3 pixides, 3 punhais ou cabos de punhais, 8 colheres e 3 garfos, todos eles da autoria dos escultores do Benim e da Serra Leoa, também provavelmente responsáveis pelas figuras de pedra ditas nomolis, mas numa outra qualidade.