Image
Arquipelago de Origem:
Emirados Árabes Unidos
Data da Peça:
1540-00-00 00:00:00
Data de Publicação:
20180719
Autor:
Artista indo-português
Chegada ao Arquipélago:
2018-07-19 00:00:00
Proprietário da Peça:
Biblioteca Casanatense
Proprietário da Imagem:
Biblioteca Casanatense
Autor da Imagem:
Biblioteca Casanatense
Noutaques são ladrões que andam a roubar pelo mar, aguarela de 1540 (c.), Estado Português da Índia

Categorias
  • Bibliografia
    • Livros antigos
  • Documentos
    • Desenho / aguarela
    • Manuscrito s/papel
  • Fotografia / imagem
    • Costumes
  • Marinharia
    • Navio de guerra
    • Navios orientais
  • Personalidades
    • Artífices e populares
    • Militares
    • Pintores, gravadores e douradores
  • Pintura
    • Aguarela
Descrição
Noutaques são ladrões que andam a roubar pelo mar.
Desenho aguarelado sobre papel, cm.
Artista indo-português, 1540 (c.)
Codex Casanatense 1889, pp. 35-36, Biblioteca Casanatense, Roma, Itália

O Códice Casanatense, ou Codex Casanatense 1889, é um códice português ou, mais corretamente, indo-português, ilustrado em Goa, muito provavelmente, contendo 76 aguarelas de costumes do Oriente. A alusão ao cerco de Diu, de 1538, mas o não conter alusões ao Japão, onde os portugueses chegaram entre 1540 e 1541, levam a data-lo de 1539 a 1540. Como se indica no códice, foi enviado para Lisboa pelo noviço João da Costa, do Colégio de São Paulo de Goa, em 1627. Veio a ser adquirido pelo cardeal Girolamo Casanata (1620-1698) e, com o seu falecimento passou a integrar a biblioteca da Ordem Dominicana, de Roma, que hoje tem o seu nome. Cf. Imagens do Oriente no Séc. XVI. Reprodução do Códice Português da Biblioteca Casanatense, apresentação e notas de Luís de Matos, Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1985.