Image
Arquipelago de Origem:
Porto Santo
Data da Peça:
2024-05-10
Data de Publicação:
07/05/2024
Autor:
Rita Rodrigues e outros
Chegada ao Arquipélago:
2024-05-07
Proprietário da Peça:
DRC
Proprietário da Imagem:
Fábio Brito/DRC
Autor da Imagem:
Fábio Brito
Noli me tangere, óleo de Martim Conrado, 1653, folheto Dar a Ver, 10 de maio de 2024, igreja matriz de Nossa Senhora da Piedade do Porto Santo

Categorias
    Descrição
    Folheto Dar a Ver da DSMPC/DRC,  Noli me tangere, para 10 de maio de 2024, às 19h:00.
    Visita orientada por Rita Rodrigues,
    Pintura a óleo de Martim Conrado, 1653.
    Fotografia de Fábio Brito de 2024.
    Retábulo do Santíssimo da igreja matriz de Nossa Senhora da Piedade do Porto Santo.
    Largo do Pelourinho, Porto Santo, Região Autónoma da Madeira.

    Pintura do século XVII, «Noli me tangere» (“Não me toques”), assinada, em 1653, pelo pintor protobarroco português Martim Conrado e que se encontra exposta numa capela lateral da igreja, evoca o episódio descrito por São Marcos e São João, nos seus Evangelhos, e refere as palavras de Cristo dirigidas a Santa Maria Madalena quando esta reconheceu Jesus depois da Ressurreição.