Image
Arquipelago de Origem:
São Pedro (Funchal)
Data da Peça:
1885-00-00 00:00:00
Data de Publicação:
20160724
Autor:
Oficina francesa (?)
Chegada ao Arquipélago:
2016-07-24 00:00:00
Proprietário da Peça:
Museu Quinta das Cruze
Proprietário da Imagem:
Rui Carita
Autor da Imagem:
Rui Carita
Monograma da liteira do Visconde do Ribeiro Real, 1885 (c.), Museu Quinta das Cruzes, Funchal, ilha da Madeira

Categorias
  • Documentos
    • Lápides e inscrições
  • Escultura
    • Outros Materiais
  • Fotografia / imagem
    • Costumes
    • Interiores
  • Heráldica, emblemática e numismática
    • Familiar
  • Personalidades
    • Pintores, gravadores e douradores
    • Presidentes e governadores civis
    • Proprietários e comerciantes
    • Titulares e morgados
  • Pintura
    • Técnica mista
  • Transportes terrestres
    • Liteiras
Descrição
Monograma da liteira do Visconde do Ribeiro Real
João Bettencourt Araújo Carvalhal Esmeraldo (1841-1902)
Oficina francesa (?), 1885 (c.)
Fotografia de 21 de janeiro de 2016.
Museu Quinta das Cruzes, Funchal, ilha da Madeira.

João Bettencourt Araújo Carvalhal Esmeraldo (Funchal, 21 dez. 1841; idem, 22 mar. 1902) era filho do morgado Francisco António de Bettencourt Araújo de Carvalhal Esmeraldo, de São Pedro, no Funchal e de D. Júlia Henriqueta de Freitas Esmeraldo, da Ponta Delgada. Tinha casado a 24 jun. 1882 com D. Teresa da Câmara Carvalhal, filha dos 2.ºs condes de Carvalhal e recebido o título de visconde do Ribeiro Real por decreto de 23 mar. desse ano de 1882, sendo elevado depois a 1.º conde, por decreto de 16 fev. 1899, após a sua passagem pelo governo civil do Funchal, em 1897. Para além da presidência da câmara do Funchal ocupou também o lugar de cônsul da França.