Image
Arquipelago de Origem:
Paris
Data da Peça:
2021-04-00
Data de Publicação:
29/03/2021
Autor:
Connaissance des Arts
Chegada ao Arquipélago:
2021-03-29
Proprietário da Peça:
Museu do Louvre/Connaissance des Arts
Proprietário da Imagem:
Connaissance des Arts
Autor da Imagem:
Connaissance des Arts
Leçon de nu avec Flandrin, 1836, Connaissance des Arts, 802, Paris, abril de 2021, França.

Categorias
    Descrição
    Leçon de nu avec Flandrin, 1836
    Connaissance des Arts, revista da Sociedade Francesa de Promoção Artística, Plaisir de France, n.º 802, Paris, abril de 2021.
    Rapaz nu na borda de água, Jean-Hippolyte Flandrin, 1836.

    Jean-Hippolyte Flandrin (Lyon, 23 de março de 1809; Roma, 21 de março de 1864) Desde cedo que mostrou interesse pela arte, mas os pais queriam que ele se tornasse um homem de negócios, acabando por, com pouca prática, iniciar a carreira como pintor de miniaturas. Em 1829 mudou-se para Paris, para onde segue também o irmão Paul Flandrin (1811-1902), estudando com Louis Hersent (1777-1860) e depois, com Jean-Auguste Dominique Ingres (1780-1867), tornando-se seu amigo e supervisor do atelier, mas passando, em breve, do neoclassicismo para os vários caminhos trilhados pelo romantismo. Em 1832, entretanto, ganhou o Prêmio de Roma e com isso uma certa celebridade. Voltando a Paris em 1856 recebeu uma encomenda importante de pintar a capela de São João na igreja de São Séverin, o que serviu para torná-lo ainda mais conhecido, assegurando-lhe uma clientela constante até o fim da vida, realizando numerosos retratos e pinturas murais. Foi eleito acadêmico em 1856 e em 1863, sentindo-se doente, transferiu-se, de novo para Roma, na procura de um clima mais ameno, mas tendo contraído varíola, em Paris ou a caminho de Roma, ali veio a falecer.