Image
Arquipelago de Origem:
Paris
Data da Peça:
1862-00-00
Data de Publicação:
13/02/2021
Autor:
Henri Labrouste
Chegada ao Arquipélago:
2021-02-13
Proprietário da Peça:
Biblioteca Nacional de França
Proprietário da Imagem:
Davide Galli
Autor da Imagem:
Davide Galli
Interior da Biblioteca Nacional de França, site Richelieu, projeto de Henri Labrouste, 1862 a 1868 e seguintes, Paris, França

Categorias
    Descrição
    Interior da Biblioteca Nacional de França, site Richelieu.
    Projeto de Henri Labrouste (1801-1875), 1862 a 1868 e seguintes.
    Fotografia de Davide Galli, 2012
    Rua Richelieu, Paris, França

    A Biblioteca Nacional da França teve origem na biblioteca fundada no Palácio do Louvre por Carlos V (1338-1380), em 1368, mas cujo núcleo inicial passaria para Inglaterra, em 1424, com a regência de João de Lencastre (1389-1435), duque de Bedford e que se dispersou com a sua morte, em 1435. Refeita nos anos seguintes, a partir de 1461, sendo hoje um dos mais importantes acervos europeus e mundiais. O núcleo da Rua Richelieu foi reformulado na época imperial de Napoleão III (1808-1873) e do prefeito de paris George-Eugène Haussmann (1809-1891), por Henri Labrouste (1801-1875), que havia projetado a biblioteca da antiga abadia de Sainte Genevière (1843-1850), padroeira de Paris, já utilizando uma estrutura de colunas e abóbadas de ferro fundido. A nova biblioteca imperial (1862-1868) apresenta um ainda maior uso extensivo do ferro, especialmente notável na sala central de leitura, povoada por finas colunas com os seus capitéis coríntios e cúpulas com claraboias envidraçadas que, elevando-se a mais de nove metros do solo, são o meio difusor de luminosidade no interior da sala.
    O trabalho deste arquiteto foi objeto de uma notável exposição no MoNa, em Nova Iorque, como Henri Labrouste: Structure Brought to Light, 10 mar. a 24 jun. 2013, Estados Unidos da América.