Image
Arquipelago de Origem:
Goa
Data da Peça:
1830-00-00
Data de Publicação:
21/05/2021
Autor:
José Maria Gonçalves
Chegada ao Arquipélago:
2021-05-21
Proprietário da Peça:
GR/Museu das Cruzes
Proprietário da Imagem:
Jorge Welsh, Reserch & Publishing
Autor da Imagem:
Jorge Welsh, Reserch & Publishing
Indiana cristã de Goa com Menina do Museu das Cruzes, Bahe de Lançol, frente a Ribandar, óleo de José Maria Gonçalves (atr.), 1830 (c.), Estado Português da Índia

Categorias
    Descrição
    Indiana cristã de Goa com criança.
    Bahe de Lançol (Ribandar)
    Óleo sobre tela, 67 x 51 cm.
    José Maria Gonçalves (1800-1840) (atr.), Goa, 1830 (c.).
    Prov. coleção Cmdt. Guilherme Alpoim Calvão (1937-2014)
    Coleção Madeira Tecnopolo, Funchal.
    Museu Quinta das Cruzes, Funchal, ilha da Madeira.

    Conjunto de oito pinturas estudadas e publicadas por Helder Carita (1995), a que se deverá juntar, pelo menos mais uma, entretanto divulgada na coleção de Pedro Aguiar Branco (1963-2020),  representando a festa Tirta em Goa, com o banho ritual e um governador e vice-rei da Índia, em bergantim, provavelmente, assim, encomenda de um governador e vice-rei da Índia e que poderá ser D. Manuel de Portugal e Castro (1787-1854), representam vistas do antigo Estado Português da Índia tendo como fundo paisagens das margens do rio Mandovi, muitas vezes, com representações únicas da arquitetura portuguesa de Goa, sendo lamentável a sua dispersão, pois o seu interesse residia no conjunto. Neste quadro uma senhora, com a legenda Bahe de Lançol, descalça, acompanha uma menina. Ao fundo reconhece-se a vila de Ribandar, nos arredores de Goa, onde se concentravam alguma casas nobres portuguesas dos séculos XVII e XVIII.
    Bibliografia: Helder Carita, Palácios de Goa. Modelos e Tipologia da Arquitectura Civil Indo-Portuguesa, fotografia de Nicolas Sapieha (1937-1995), Quetzal, Lisboa, 1995; idem, “José Maria Gonsalves (1800-1840)”, Turn of The Sea, Art from the Eastern Trade Routes, Londres, Jorge Welsh, Reserch & Publishing, 2017, pp. 24-44.