Image
Arquipelago de Origem:
Câmara de Lobos
Data da Peça:
1985-00-00
Data de Publicação:
11/11/2020
Autor:
Amândio de Sousa
Chegada ao Arquipélago:
2020-11-11
Proprietário da Peça:
Igreja do carmo de Câmara de Lobos
Proprietário da Imagem:
DRC
Autor da Imagem:
DRC
Imaculada, Nossa Senhora com o Menino, Amândio de Sousa, 1985 (c.), igreja do Carmo de Câmara de Lobos, ilha da Madeira

Categorias
    Descrição
    Imaculada, Nossa Senhora com o Menino.
    Pormenor de bronze folheado a prata, 157 x 37 x 30 cm.
    Amândio de Sousa (1934; -), 1985 (c.).
    Exposição dos 500 anos da diocese do Funchal, Da Madeira, aos confins da Terra, 14 de junho a 31 de outubro de 2014, Museu de Arte Sacra do Funchal, 48, ilha da Madeira.
    Igreja de Nossa Senhora do Carmo de Câmara de Lobos, ilha da Madeira.

    Amândio de Sousa (Funchal, 1934-). Concluiu o curso de Escultura da Escola Superior de Belas Artes do Porto com a classificação final de vinte valores, tendo sido aluno de Salvador Barata Feyo (1899-1990) e de Lagoa Henriques (1923-2009). Aí conviveu com os elementos do futuro grupo "Quatro Vintes", constituído por Ângelo de Sousa (1938-2011), Armando Alves (1935-), Jorge Pinheiro (1931-) e José Rodrigues (1936-2016), dado todos terem terminado o curso com aquela classificação, participando na dinâmica dessa geração e da Escola do Porto. Fundou a primeira galeria de design e arte moderna no Funchal, a Tempo, em 1964, tendo colaborado com o arq. Raul Chorão Ramalho (1914-2002) e executado inúmeros trabalhos públicos de grande rigor e exigência, entre os quais a Trilogia de Poderes da Assembleia Legislativa Regional, 1990 e a Justiça do Tribunal da Ponta do Sol, 1994. Cf. Isabel Santa Clara, "Amândio de Sousa, Escultor", in revista Islenha, nº 49, jul. dez. 2011, pp. 131-148.