Image
Arquipelago de Origem:
Faial (Madeira)
Data da Peça:
1927-12-00
Data de Publicação:
16/10/2020
Autor:
Mestre local
Chegada ao Arquipélago:
2020-10-16
Proprietário da Peça:
Paróquia de São Roque do Faial
Proprietário da Imagem:
Madeira Lés a Lés
Autor da Imagem:
Madeira Lés a Lés
Igreja de São Roque do Faial, reconstrução de 1927, Santana, ilha da Madeira

Categorias
    Descrição
    Igreja de São Roque do Faial.
    Reconstrução de 1927.
    Fotografia de Madeira Lés a Lés, pub. 20 de janeiro de 2017.
    São Roque do Faial, Santana, ilha da Madeira.

    O nome da freguesia teve origem na capela de São Roque, cuja construção se ficou a dever a Cristóvão Pires, em 1551, no Chão da Ribeira e que a 6 de agosto desse ano, perante o Cabido da Sé, declarou que a edificara e a dotara convenientemente, pedindo licença para nela se celebrarem ofícios religiosos. Com a criação de um curato na matriz do Faial, a 11 de fevereiro de 1746, já se menciona ficar o padre cura com a obrigação de ali celebrar ofícios religiosos. A fundação da freguesia autónoma foi de 24 de julho de 1848, tendo sido primeiro pároco Francisco José Nunes, entre 1848 e 1865. Nos finais do século XIX, as grandes enxurradas de 1883 provocaram o aluimento de terras nas margens da ribeira e a ruína da igreja, cujos destroços foram arrastados até ao mar. Mais tarde, em 1889, o padre e vice-vigário Casimiro Augusto de Freitas e Abreu construiu uma nova igreja, agora um pouco mais afastada da ribeira, devendo-se, depois, ao pároco Daniel Nicolau de Sousa nova reconstrução, no Chão do Cedro Gordo, templo que foi benzido depois pelo bispo D. António Manuel Pereira Ribeiro (1879-1957), em dezembro de 1927