Image
Arquipelago de Origem:
Madeira (Região Autónoma)
Data da Peça:
2016-00-00
Data de Publicação:
29/01/2021
Autor:
Horácio Bento de Gouveia
Chegada ao Arquipélago:
2021-01-29
Proprietário da Peça:
Maria de Fátima Gouveia Soares
Proprietário da Imagem:
Maria de Fátima Gouveia Soares
Autor da Imagem:
Manuela Aranha
Horácio Bento de Gouveia, Escritos 6 (1970-1983), investigação e recolha de Maria de Fátima Gouveia Soares, prefácio de Thierry Proença dos Santos e posfácio de Carlos Lélis Gonçalves, Funchal, 2016, ilha da Madeira.

Categorias
    Descrição
    Horácio Bento de Gouveia, Escritos 6 (1970-1983)
    (1901-1983)
    Escultura de Manuela Aranha (1931-), 2003.
    Investigação e Recolha de Textos por Maria de Fátima Gouveia Soares. Escritos 6, com prefácio de Thierry Proença dos Santos e posfácio de Carlos Lélis Gonçalves, Braga, Oficinas de S. José, 2016, Portugal.

    Horácio de Ornelas Bento de Gouveia (Ponta Delgada, Solar do Ladrilho, 5 set. 1901; Funchal, 23 maio 1983). Filho de Francisco Bento de Gouveia e de Firmina Matilde de Ornelas Bento de Gouveia, foi aluno na Escola do Pico, no Liceu do Funchal e na Faculdade de Letras de Lisboa, onde se licenciou em Ciências Históricas e Geográficas, no ano 1930. Foi professor em diversos Liceus de Lisboa, entre eles o de Gil Vicente, e no Liceu Nacional do Funchal, depois de Jaime Moniz, deixando uma vasta obra inspirada nos usos e costumes regionais, através da sua atividade jornalística, com colaboração em múltiplos jornais e na produção literária, o que o tornou numa das figuras incontornáveis da cultura do Estado Novo na Madeira. Em agosto de 1980, foi homenageado pela Câmara Municipal do Funchal, com a atribuição da Medalha de Ouro da Cidade, a que seguiu, em outubro do mesmo ano, a Câmara Municipal de São Vicente, atribuindo-lhe também uma medalha e colocando uma lápide no Solar do Ladrilho (casa onde nasceu e posteriormente veio a ser adaptada para Casa-Museu, em Ponta Delgada, pelos herdeiros, em 1986), sendo o seu nome dado à antiga escola preparatória da Cruz de Carvalho do Funchal, acima do Hospital regional.