Image
Arquipelago de Origem:
Guarda
Data da Peça:
1450-00-00
Data de Publicação:
16/08/2022
Autor:
Oficina ibérica ou flamenga
Chegada ao Arquipélago:
2022-08-16
Proprietário da Peça:
Centro Interpretativo do Castelo de Pinhel
Proprietário da Imagem:
Fausto Pereira
Autor da Imagem:
Fausto Pereira
Grande bombarda do parque do castelo de Pinhel, 1450 (c.), Centro Interpretativo do Castelo de Pinhel, Guarda, Portugal

Categorias
    Descrição
    Grande bombarda do castelo de Pinhel
    Canhão da Trincheira.
    Ferro de oficina ibérica ou flamenga.
    Disparava projéteis de pedra com cerca de 50 quilos a mais de um quilómetro de distância.
    Inícios a meados do XV, 1450 (c.).
    Fotografia do coronel Fausto Pereira, 14 de agosto de 2022
    Centro Interpretativo do Castelo de Pinhel, Guarda, Portugal.

    Esta grande bombarda do castelo de Pinhel em ferro forjado, do século XV, foi construída pela justaposição de barras de ferro longitudinais, reforçadas por argolas de ferro transversais colocadas contiguamente e reforçadas em algumas partes, com outros conjuntos de argolas mais exteriores. Associada às Tercenas de Pinhel, estruturas militares mandadas construir pelo rei D. João II (1455-1495) em 1488, segundo relato de Rui de Pina (1440-1522), natural da Guarda, no entanto, em princípio, parece uma arma de Artilharia algo anterior. Foi objeto de intervenção e conservação pela Lainho.pt em junho/julho de 2021, passando a integrar o Centro interpretativo do Castelo de Pinhel.