Image
Arquipelago de Origem:
Machico
Data da Peça:
1850-00-00 00:00:00
Data de Publicação:
04/04/2021
Autor:
Oficina continental
Chegada ao Arquipélago:
2021-04-04
Proprietário da Peça:
Câmara Municipal de Machico
Proprietário da Imagem:
Privado
Autor da Imagem:
Privado
Fonte do antigo Mercado Velho, 1850 (c.), Machico, ilha da Madeira

Categorias
    Descrição
    Fonte ou chafariz.
    Mármore continental.
    1850 (c.).
    Antigo Mercado Velho, adaptação a restaurante por Maria Mendonça (1916-1997), 1972
    Rua General António Teixeira de Aguiar, Machico, ilha da Madeira.

    MARIA da Trindade MENDONÇA (1916-1997), notável jornalista e escritora, que desenvolveu múltiplas iniciativas com personalidades de renome e desafiadoras para o regime político da altura, tendo a sua criatividade pioneira deixado marcas em vários projetos culturais da Madeira apesar do controlo da censura e da Pide. Começou a escrever aos 16 anos de idade e foi correspondente de vários jornais portugueses. Primeiro como chefe de redação e depois como diretora, foi notável a sua passagem pelo jornal Eco do Funchal, desde 1951, tendo ainda tentado relançar, como diretora e proprietária, o jornal satírico Re-Nhau-Nhau (1929-1977). Criaria ainda a Livraria Pátio, à Rua da Carreira, com sede no edifício da antiga Photographia Vicentes, espólio/arquivo, que correndo o risco de dispersão, adquiriu. No continente português foi a primeira pessoa a apresentar obras de autores insulares na Feira do Livro de Lisboa, nos anos de 1954 e 1955. Cf. Ana Isabel de Sousa, Maria Mendonça, uma mulher sem medo, apresentação de Fátima Sequeira Dias (1958-2013), Ponta Delgada, 2001.