Image
Arquipelago de Origem:
Lido (Funchal)
Data da Peça:
1945-08-00
Data de Publicação:
08/05/2022
Autor:
Club Sport Marítimo
Chegada ao Arquipélago:
2022-05-08
Proprietário da Peça:
Club Sport Marítimo
Proprietário da Imagem:
Club Sport Marítimo
Autor da Imagem:
Club Sport Marítimo
Equipa de Natação do do Club Sport Marítimo, campeã da Madeira em 1945, Complexo balnear do Lido, Funchal, ilha da Madeira

Categorias
    Descrição
    Equipa de Natação do do Club Sport Marítimo, campeã da Madeira em 1945.
    Complexo do Lido, 1945.
    Colecção Club Sport Marítimo.
    Complexo balnear do Lido, Funchal, ilha da Madeira.

    O Club Sport Marítimo teria sido fundado a 20 de Setembro de 1910, embora só venha a ter estatuto na assembleia de 28 de Novembro do mesmo ano, já em plena República. No entanto, nos meados de 1910 já os jogadores teriam envergado as faixas verde e rubro numa afirmação de classe que aspirava a outra situação de Progresso e Bem-Estar. O Clube nasceu das aspirações da classe marítima da baixa de Santa Maria Maior, que desde os finais do século XIX assistia a jogos de futebol no Campo de D. Carlos, rapidamente baptizado com a República de Campo Almirante Reis, mas nos quais não podia participar. A agremiação teria nascido de duas associações fundadas pouco antes: o Club Sports Madeira, em cuja organização se encontra Humberto dos Passos Freitas, que aparece a organizar jogos a 5 de Setembro de 1909 e o Club Português de Sport Marítimo, que a 27 de Agosto de 1910 aparece a organizar e a vencer um match de foot-ball com uma equipa do republicano cruzador português Adamastor, que a 5 de Outubro seguinte haveria de bombardear o palácio das Necessidades, em Lisboa. Nascido dos ideais republicanos da classe marítima do Funchal contra os senhores ingleses, especialmente os da Western Telegraph Company , os funcionários da Casa da Linha, a Santa Clara, mas também os Manatas, alcunha por que eram conhecidos os habitantes do centro da cidade, que viviam para além do Largo do Pelourinho. Ao longo da Primeira República o Marítimo deslocar-se-á a Lisboa, a convite do Benfica, em 1912 e às Canárias, em 1914, onde um dos jogos chega a ser interrompido por desacatos dos canários, tendo um dos jogadores madeirenses partido uma perna, recebendo na Madeira o Benfica, em 1922, ano em que volta a Lisboa a convite do mesmo clube e ao Porto, onde viria a derrotar o Futebol Clube do Porto, então campeão de Portugal. Em 1926 o Marítimo será campeão nacional. In História do Club Sport Marítimo, 1910.2000, selecção e texto de Deodato Rodrigues, Diário de Notícias, folheto 17, Funchal, 19 de Janeiro de 2001, capa.