Image
Arquipelago de Origem:
Lisboa (cidade)
Data da Peça:
1750-00-00
Data de Publicação:
13/05/2024
Autor:
Thomas Hickey
Chegada ao Arquipélago:
2024-05-13
Proprietário da Peça:
Hotel de ville Neuchâtel,
Proprietário da Imagem:
Hotel de ville Neuchâtel,
Autor da Imagem:
Hotel de ville Neuchâtel,
David de Pury, óleo de Thomas Hickey, Lisboa, 1750 (c.), Hôtel de ville Neuchâtel, Suiça

Categorias
    Descrição
    David de Pury
    (1709-1786)
    Pormenor de óleo sobre tela de Thomas Hickey (1741–1824), 1750 (c.)
    Neuchâtel, Hotel de ville Neuchâtel, , Suiça.
    Levantamento para O Palácio Ratton e os fidalgos da rua Formosa, de Hélder Carita, Lisboa, Caleidoscópio, 2023, lançado depois a 12 de abril de 2024, no Tribunal Constitucional.

    David de Pury (Neuchâtel, 19 jan. 1709-Lisboa, 31 maio 1786), depois barão de Pury, fixou-se em Lisboa em 1736, com negócios de importação do Brasil, especialmente, diamantes, mas também madeiras raras, como mognos e jacarandá, que colocava em Londres, tal como importação e exportação de escravos, comércio que o tornaram lendário, sendo, em 1762, referido por D. José I (1714-1777) como banqueiro. Encontra-se representado nas casas do depois marquês de Pombal, Sebastião José de Carvalho e Melo (1699-1782), também alugadas depois pelo 2.º marquês, Henrique José de Carvalho e Melo (1748-1812) a Diogo Ratton (1765-1822) e onde, pelos inícios ou meados de 1807, se mandou pintar por Domenico Pellegrini (1759-1840), com o pai Jacome Ratton (1736-1821), a mulher e sobrinha, Júlia-Francisca Daupiás, com quem casara em 1802 e a filha Eulália.