Image
Arquipelago de Origem:
Alemanha
Data da Peça:
1516-00-00
Data de Publicação:
23/02/2021
Autor:
Veit Stoss
Chegada ao Arquipélago:
2021-02-23
Proprietário da Peça:
Paróquia de São Lourenço de Nuremberga
Proprietário da Imagem:
Douglas Blanchard, Counterlights Peculiars
Autor da Imagem:
Douglas Blanchard, Counterlights Peculiars
Cristo do altar-mor da igreja de São Lourenço de Nuremberga, Veit Stoss, 1516 a 1520, Alemanha

Categorias
    Descrição
    Cristo do altar-mor ou Altar de Maria da igreja de São Lourenço de Nuremberga.
    Madeira entalhada.
    Escultor polaco Veit Stoss (c. 1450-1533), 1516 a 1520.
    Por detrás os vitrais da janela do imperador Frederico III (1415-1493) e sua mulher D. Leonor de Portugal (1434-1467), 1460 a 1470.
    Fotografia de Douglas Blanchard, Counterlights Peculiars, 2016.
    St. Lorenz kirche, Nurenberg, Alemanha.

    Igreja reformulada a partir de 1250 sobre uma outra muito mais antiga, de 650 e entre 1390 e 1446, levantaram-se as naves e por 1493 a 1496, o seu célebre tabernáculo. Nestes anos, como cidade imperial, muitas das principias famílias alemães comparticiparam no recheio das igrejas de Nuremberga, fazendo-se representar nos magníficos vitrais com as suas armas, como sobre o altar-mor da igreja de São Lourenço, o imperador Frederico III (1415-1493) e a sua mulher D. Leonor de Portugal (1434-1467), filha do rei D. Duarte (1391-1438) e de D. Leonor de Aragão (1402-1445), aparecendo assim ao seu lado as armas de Portugal. O casal foi apresentado em Siena, a 28 de fevereiro de 1452 e casou em Roma, onde ocorreu a sua sagração como imperadores do Sacro Império Romano, a 19 de março de 1452, pelo papa Nicolau V (Tommaso Parentucelli, 1397-1447-1455). Foram pais, depois, do imperador Maximiliano I (1459-1519).