Image
Arquipelago de Origem:
Lanzarote
Data da Peça:
1968-00-00
Data de Publicação:
02/12/2021
Autor:
César Manrique
Chegada ao Arquipélago:
2021-12-02
Proprietário da Peça:
Casa-Museu do Campesino
Proprietário da Imagem:
Casa-Museu do Campesino
Autor da Imagem:
Casa-Museu do Campesino
Casa-Museu do Campesino, projeto de César Manrique, 1968 e seguintes, San Bartolome, ilha de Lanzarote, ilhas Canárias.

Categorias
    Descrição
    Casa-Museo del Campesino.
    Casa com sistema de gelosias, ou fasquiados de madeira.
    Projeto de César Manrique (1919-1992), 1968 e seguintes.
    San Bartolome, ilha de Lanzarote, ilhas Canárias.

    A Casa-Museu del Campesino era uma antiga ideia de César Manrique (1919-1992), colocada em prática após o seu retorno a Lanzarote, em 1966, vindo a ser levantada sob sua orientação e à volta do seu monumento à fertilidade, de 1968. César Manrique (1919-1992) nasceu em Arrecife, capital de Lanzarote, tendo vivido em Madrid, entre 1945 e 1964, depois em Nova Yorque, fixando-se em Lanzarote em 1966, a partir do que opera uma verdadeira revolução na sua ilha natal, através da arte e do turismo sustentável, quase tudo ainda tenha a sua marca de criatividade. Depois da Casa-Museu do Camponês, começou a construir a sua casa por volta de 1970 e, em 1982, com um grupo de amigos, criou a Fundação César Manrique, transformando a anterior residência em sede da Fundação, que foi inaugurada em março de 1992, vindo a falecer alguns meses depois.