Image
Arquipelago de Origem:
Guarda
Data da Peça:
1673-00-00 00:00:00
Data de Publicação:
20100819
Autor:
Não identificado
Chegada ao Arquipélago:
2010-08-19 00:00:00
Proprietário da Peça:
Palácio do Correio Velho
Proprietário da Imagem:
Palácio do Correio Velho
Autor da Imagem:
Palácio do Correio Velho
Carta de brasão de Manuel Botelho Feo do Vale, pergaminho iluminado, 1673, Portugal

Categorias
  • Bibliografia
    • Catálogos, guias e roteiros
  • Documentos
    • Cartas patente
  • Fotografia / imagem
    • Costumes
  • Heráldica, emblemática e numismática
    • Familiar
  • Personalidades
    • Pintores, gravadores e douradores
    • Reis e rainhas, infantes e regentes
    • Titulares e morgados
  • Pintura
    • Iluminura
Descrição
CARTA DE BRASÃO DE ARMAS DE MANUEL BOTELHO FEO DO VALLE, natural da Villa de Santa Marinha da comarca da Cidade da Guarda.
Manuscrito sobre pergaminho iluminado, 19 x 29 cm.
Assina o Rei de Armas, 10 de Julho de 1673.
In - 8º máx. de 13 folhas de pergaminho. Encadernação inteira de tela azul, as guardas em papel marmoreado. Abre com o seguinte título dentro de uma esquadria pintada de azul e envolta por tarja desenhada a ouro e cores com sátiros e cabeças de anjo e mais elementos de estilização vegetalista: Brazam de Nobreza de Mel. Botelho Feo do Valle passado no Reyno de Portugal Anno de 1673. Iluminura com o brasão de armas com escudo esquartelado : I - Valle, II - Botelho, III - Feo, ou Feio, IV - Correia. Timbre de Vale; elmo, virol e paquife; diferença: flor-de-lis de ouro. Ex -libris de António Capucho.

Catálogo do Palácio do Correio Velho, leilão da Colecção Capucho de Julho de 2009 (n.º 00146), avaliado entre 800 e 1.200 euros.