Image
Arquipelago de Origem:
Santa Cruz (Madeira)
Data da Peça:
1508-00-00
Data de Publicação:
24/10/2020
Autor:
Vários
Chegada ao Arquipélago:
2020-10-24
Proprietário da Peça:
Paróquia do Salvador de Santa Cruz
Proprietário da Imagem:
Câmara Municipal de Santa Cruz
Autor da Imagem:
Câmara Municipal de Santa Cruz
Capela-mor da igreja matriz do Salvador, 1508 (c.) e seguintes, Santa Cruz, ilha da Madeira

Categorias
    Descrição
    Capela-mor da igreja matriz do Salvador.
    Cantaria esculpida e pintada.
    Fernão Mouseiro e seu ajudante Godinho, 1508 (c.).
    Pinturas sobre madeira do antigo retábulo, oficina de Gaspar Vaz (c. 1500-1568) (atr.), 1540 a 1550.
    Reforma do retábulo da oficina de Estêvão Teixeira de Nóbrega (1746-1833) (atr.), 1770.
    Fotografia de 2018.
    Matriz do Salvador de Santa Cruz, ilha da Madeira.

    A igreja matriz do Salvador deve ter sido iniciada entre 1500 e 1502, estando praticamente prontas em 1511, quando o serviço religioso ali começou a funcionar e foram pagas, depois, a João de Freitas, em 1533, altura em que o templo estaria totalmente pronto e o mesmo teve autorização de ser sepultado na capela-mor com Guiomar de Lordelo, sua mulher. Em 1508, o pedreiro mestre Fernão Mouseiro e o pedreiro segundo Godinho foram pagos por haverem construído a capela-mor da matriz de Santa Cruz, devendo ter feito outras obras. A torre e a cúpula da capela-mor parecem indiciar um projeto enviado de Lisboa ou de Coimbra por Diogo Boitaca.