Image
Arquipelago de Origem:
São Martinho (Funchal)
Data da Peça:
Data de Publicação:
08/01/2023
Autor:
Raul Chorão Ramalho
Chegada ao Arquipélago:
2023-01-08
Proprietário da Peça:
CMF
Proprietário da Imagem:
Bernardes Franco/DEM 3
Autor da Imagem:
Bernardes Franco
Capela e Ossário do novo Cemitério de Nossa Senhora das Angústias, Raul Chorão Ramalho, 1955, São Martinho, Funchal, ilha da Madeira

Categorias
    Descrição
    Capela e Ossário do novo Cemitério de Nossa Senhora das Angústias .
    Raul Chorão Ramalho (1914-2002), 1955.
    Fotografia Bernardes Franco, 2022.
    São Martinho, Funchal, ilha da Madeira.

    Cronologia
    1950 - data do anteprojeto. Na memória descritiva que acompanha as peças desenhadas o autor sublinha a opção tomada em separar em dois corpos independentes, com características próprias, a Capela e o Ossário; 1951 - data do projeto; 1955 - data do projeto de alterações; 1956 - data do bronze exterior de Querubim Lapa (1925-), mas segundo projeto de Lagoa Henriques (1923-2009); 1957- realização dos arranjos exteriores; 1958 - execução do painel cerâmico São Miguel das Almas, de Guilherme Camarinha (1912-1994).
    Guilherme Camarinha nasceu em Valadares, Vila Nova de Gaia em 1912 e morreu em 1994. Licenciou-se em Pintura na Escola Superior de Belas Artes do Porto, onde lecionou e participou no movimento + Além contra o ensino conservador e do naturalismo. A partir dos anos 50 dedicou-se sobretudo à arte pública. Camarinha foi dos primeiros pintores a colaborar com a Manufactura de Tapeçarias de Portalegre, em 1949. Encomendadas pelo Estado português e por outras entidades para espaços públicos, foram tecidas várias obras monumentais com base nos seus trabalhos (tapeçarias para as novas salas da Junta Geral do DA do Funchal, hoje na Assembleia Legislativa Regional, de Leitura da Biblioteca Nacional, Assembleia da República, Conselho de Ministros, salas de audiências em vários Palácios de Justiça, como Lisboa e Amarante). Participou nas I e II Bienais de Lausanne e na Exposição de Tapeçaria no Castelo de Angers, na Bélgica, em 1981.