Image
Arquipelago de Origem:
Estado Português da Índia
Data da Peça:
1890-00-00 00:00:00
Data de Publicação:
09/01/2022
Autor:
Oficina de Goa ou de Bombaim (?)
Chegada ao Arquipélago:
2022-01-09
Proprietário da Peça:
Privado
Proprietário da Imagem:
Cabral Moncada Leilões 2021
Autor da Imagem:
Cabral Moncada Leilões, 2021
Cadeira de um par, articuladas, indo-portuguesas ou indo-inglesas, 1890 (c.), Estado Português da Índia

Categorias
    Descrição
    Cadeira de um par, articuladas, indo-portuguesas ou indo-inglesas.
    Madeira exótica entalhada, recortada e vazada; profusa decoração de enrolamentos, motivos florais e vegetalistas entalhados.
    Cachaço recortado, tendo ao centro coroa de conde e monograma “AS”, envolto em folhagens e flores, iniciais prováveis do encomendante.
    Braços ondulados repetindo a mesma decoração, terminando em enrolamento. Montantes em forma de “S”, prolongando-se, os traseiros, do espaldar até ao chão, e os dianteiros ondulados, sustentando os braços, terminando todos os pés, em forma de enrolamento. Espaldar e assento em palhinha.
    Alt. aprox.: 115 cm.
    Oficina indiana a trabalhar para o mercado europeu, Goa ou Bombaím (?), 1890 (c.)
    Cabral Moncada Leilões, 5, 6 e 7 jul. 2021, lote 197, avaliado em 1.500 a 3.000 euros.
    Coleção particular, Lisboa, Portugal.

    Estas cadeiras seguem diretamente os modelos indo-portugueses dos séculos XVI/XVII, inspirados nas cadeiras de bordo portuguesas e aparecem nas rotas comerciais inglesas e portuguesas dos meados e finais do século XIX, com entalhamentos Pássaro segurando serpentes e Flores e frutos, como neste caso. Conhecemos exemplares semelhantes no palácio da ilha de Moçambique, em coleções de Lourenço Marques, como a do Dr. Simões Ferreira, pai de Teresa Heins Kerry, na Madeira, como no Museu Quinta das Cruzes e na área de Lisboa, havendo, entre outras, uma sala completa na antiga Quinta da Granja do marquês de Pombal, em Sintra.