Image
Arquipelago de Origem:
Faial (Açores)
Data da Peça:
1680-00-00 00:00:00
Data de Publicação:
20190809
Autor:
Mestre local
Chegada ao Arquipélago:
2019-08-09 00:00:00
Proprietário da Peça:
Matriz do Salvador da Horta
Proprietário da Imagem:
Privado
Autor da Imagem:
Privado
Arco triunfal da capela-mor da igreja matriz do Salvador da Horta, 1680 (c.), ilha do Faial, Açores

Categorias
  • Arquitectura religiosa
    • Capela
    • Igreja
  • Arte Sacra
    • Altar e frontal
    • Cadeiral, cadeiras e afins
    • Grades
    • Imaginária
    • Lampadários
    • Outras alfaias
    • Púlpitos
    • Retábulos, predelas e oratórios
  • Escultura
    • Outros Materiais
    • Pedra
  • Fotografia / imagem
    • Costumes
    • Interiores
  • Personalidades
    • Artífices e populares
    • Engenheiros e arquitectos
    • Mestres de obras reais e outros
    • Santos e mártires
Descrição
Arco triunfal da capela-mor da igreja matriz do Salvador da Horta.
Trabalho de oficina local, 1680 (c.)
Igreja matriz do Santíssimo Salvador da Horta.
Antigo colégio dos Jesuítas de São Francisco Xavier do Faial,
Largo Duque de Ávila e Bolama, Horta, ilha do Faial, Açores.

O futuro colégio dos jesuítas de São Francisco Xavier foi erguido por legado testamentário do capitão-mor do Faial, Francisco de Utra de Quadros (c. 1590-1652) e sua esposa D. Isabel da Silveira, que sem descendentes e por pressão do padre Luís Lopes, primeiro reitor do colégio de Todos os Santos de Ponta Delgada, legaram todos os seus bens, por escritura de 1648, incluindo o Solar dos Utras para fundação de um colégio da Companhia na cidade da Horta. O lançamento da primeira pedra da igreja anexa a este convento aconteceu logo a 21 de outubro de 1652, mas a construção efetiva só se iniciaria em 1680, dois anos depois do alvará régio de autorização. O edifico do Colégio dos Jesuítas, entretanto, só começou a ser construído em 1719 e não chegaria a ser acabado, devido à expulsão dos padres da Companhia, a 1 de agosto de 1760.
A imensidão da obra, que se ficou somente pela ala da fachada, é patente ainda hoje, albergando a Museu da Horta, a igreja do Santíssimo Salvador, ou de São Salvador e ainda a câmara municipal da Horta.
Rui Carita, O colégio jesuíta de São Francisco Xavier no Faial, com. apresentada ao Colóquio O Faial e a periferia Açoriana nos Séculos XV a XX, ilhas do Faial e de S. Jorge, Açores, 12 a 15 de Maio de 1997, pub. separata, Núcleo Cultural da Horta, Faial, 1998, pp. 113 a 153.