Image
Arquipelago de Origem:
Itália
Data da Peça:
1502-00-00
Data de Publicação:
21/02/2021
Autor:
Bernardino di Betto, dito Pinturicchio
Chegada ao Arquipélago:
2021-02-21
Proprietário da Peça:
Catedral de Siena
Proprietário da Imagem:
Catedral de Siena
Autor da Imagem:
Catedral de Siena
Apresentação do imperador Frederico III à infanta D. Leonor pelo bispo Ennea Silvo Piccolomini, fevereiro de 1452, fresco de Pinturicchio, 1502 a 1508, catedral de Siena, Itália

Categorias
    Descrição
    Encontro do imperador Frederico III com a infanta D. Leonor sob os auspícios do cardeal Ennea Silvo Piccolomini, futuro papa Pio II, em Siena.
    Ou Recebimento. Siena, 28 de fevereiro de 1452
    Pormenor de fresco de Bernardino di Betto, dito Pinturicchio (1454-1531), 1502 a 1508.
    Biblioteca Piccolomini, catedral de Siena, Itália.

    D. Leonor de Portugal (1434-1467), filha do rei D. Duarte (1391-1438) e de D. Leonor de Aragão (1402-1445), casou em 1452 com o imperador Frederico III (1415-1493), sendo mãe do imperador Maximiliano I (1459-1519). Ennea Silvo Piccolomini (1405; 1464) viria a ser papa a 19 ago. 1458, como nome de Pio II e com o apoio do cardeal D. Jaime de Portugal (1433-1459), arcebispo de Lisboa e bispo de Arras, primo direito da futura imperatriz da Alemanha. Ao se decorarem as salas que tem o seu nome, 50 anos depois, um dos principais passos escolhidos para a chegada do bispo de Siena a papa foi a apresentação da princesa de Portugal ao imperador Frederico III, celebrada com um marco mandado levantar por João Fernandes da Silveira (c. 1420-1484), 1º barão do Alvito, que figura na pintura e ainda hoje subsiste em Siena.