Image
Arquipelago de Origem:
Freguesia da Sé (Funchal)
Data da Peça:
1961-04-29
Data de Publicação:
17/01/2024
Autor:
Foto Perestrellos
Chegada ao Arquipélago:
2024-01-17
Proprietário da Peça:
Museu de Fotografia da Madeira, Atelier Vicente's
Proprietário da Imagem:
ABM/ARM
Autor da Imagem:
Foto Perestrellos
Embarque da primeira companhia de caçadores do BI 19 para Angola, Funchal, 29 de abril de 1961, ilha da Madeira

Categorias
    Descrição
    Embarque da primeira companhia de caçadores do BI 19 para Angola
    Em cima o governador substituto Dr. João de Gouveia (1912-2003) e o Cmdt. João Inocêncio Camacho de Freitas (1899-1969), governador civil
    Fotografia Perestrellos Fotógrafos, 29 de abril de 1961.
    Museu de Fotografia da Madeira-Atelier Vicente's, PER 14132.1, em depósito na DRABM
    A Madeira e os Ventos da Emigração, exposição coordenada por Sara Moura e Filipe dos Santos, Museu de Fotografia da Madeira, Atelier Vicente's,
    Átrio interior do edifício do Governo Regional, 2023 e 2024
    Avenida Arriaga, Funchal, ilha da Madeira.

    Dos vários fluxos migratórios que atravessaram a Madeira do século XX, um especialmente dramático, terá sido aquele que teve a sua origem na Guerra Colonial em África. Muitos jovens fugiram da guerra e emigraram clandestinamente. Outros, no entanto, foram para as antigas províncias ultramarinas combater e, a partir daí, alguns decidiram, inclusivamente, ficar por terras africanas. As estimativas apontam para que cerca de 30 mil madeirenses tenham sido enviados para as diferentes frentes de combate entre 1961, quando começou a guerra e 1974, quando a mesma terminou.