Image
Arquipelago de Origem:
Estremoz
Data da Peça:
1940-00-00 00:00:00
Data de Publicação:
03/04/2023
Autor:
João Alves de Sá
Chegada ao Arquipélago:
2023-04-03
Proprietário da Peça:
CP
Proprietário da Imagem:
João Carita
Autor da Imagem:
João Carita
Antiga estação dos Caminhos de Ferro de Estremoz, azulejos de João Alves de Sá, 1940, Estremoz, Portugal

Categorias
    Descrição
    Antiga estação dos Caminhos de Ferro de Estremoz.
    Reforma de 1940 (c.) com azulejos da Fábrica Viúva Lamego dessa data, da oficina de João Alves de Sá (1878-1972).
    Fotografia de João Carita, 27 de março de 2023.
    Estremoz, Portugal

    João Alves de Sá (1878-1972), era licenciado em Direito e visconde de Alves de Sá, tendo nas últimas décadas de vida se radicado no Algueirão. Aguarelista contemporâneo, foi discípulo de Manuel de Macedo (Manuel Maria de Macedo Pereira Coutinho Vasques da Cunha Portugal e Menezes, 1939-1915), dedicando-se também à cerâmica e, muito especialmente, à azulejaria, tendo dirigido essa secção na Fábrica Viúva de Lamego. Foi galardoado com altas distinções como a medalha de honra em aguarela da Sociedade Nacional de Belas Artes e o 1º prémio Roque Gameiro (1947), do Secretariado Nacional de Informação, tendo participado em inúmeras exposições e dirigido vários projetos como o do pavilhão de Portugal na feira internacional de Sevilha, em 1929 e a ampliação da Câmara Municipal de Cascais, em 1969, para cuja fachada elaborou os novos painéis de azulejos.