Image
Arquipelago de Origem:
Costa do Marfim
Data da Peça:
1900-00-00 00:00:00
Data de Publicação:
25/12/2021
Autor:
Escultor Senufô
Chegada ao Arquipélago:
2021-12-25
Proprietário da Peça:
Newark Museum of Art, Nova Jersey, USA
Proprietário da Imagem:
Privado
Autor da Imagem:
Privado
Máscara elmo dos Senufo da Costa do Marfim, 1900 (c.), do Newark Museum of Art, Nova Jersey, USA, Exposição Helena Rubinstein. La collection de Madame, museu du quai Branly - Jacques Chirac, 19 nov. 2019 a 27 set. 2020, Paris, França

Categorias
    Descrição
    Máscara elmo dos Senufo da Costa do Marfim.
    Madeira entalhada e pintada, 52 cm.
    Escultor Senufô, 1900 (c.),
    Costa do Marfim.
    Antiga coleção de F.-H. Lem e, depois, Helena Rubinstein (1872-1965), passando ao Newark Museum of Art (Inv. 66,619), Nova Jersey, USA.
    Fotografia de 2019.
    Exposição Helena Rubinstein. La collection de Madame, museu du quai Branly - Jacques Chirac, 19 nov. 2019 a 27 set. 2020, Paris, França.

    Os senufôssenufos ou senoufu são um conjunto de povos da África Ocidental que falam a língua gur. Ocupam uma vasta área que engloba o Sul do atual Mali até ao extremo oeste de Burquina Fasso, Costa do Marfim e Gana. Chegaram na Costa do Marfim entre os séculos X e XV em levas sucessivas de migrações decorrentes de alterações políticas nos Impérios do Gana e do Mali, emigração que intensificou no século XVI, com a ascensão do Império Songai. Como a maior parte das sociedades africanas possuem sociedades secretas masculinas, com destaque para a Cimô e a Poro, sumariamente descritas pela primeira vez, em 1616, pelo padre jesuíta Manuel Álvares (fal. 1619). Especialmente hierárquicas e ligadas ao culto dos antepassados, com complexos ritos de passagem, ambas possuindo figuras de aves como antepassados ancestrais.