Procura:
 

  UMa - CET Património Cultural - História da Madeira - Aula Nº.18

     História da Madeira
A ilha da Madeira entre a aluvião de 1803 e a Constituição de 1820

Resumo

A aluvião de 1803: Paulo Dias de Almeida, Matos Carvalho e o brigadeiro Oudinot.
A nova Cidade das Angústias. O levantamento sistemático do Funchal e da ilha da Madeira.
As questões com os ingleses e a saída de Paulo Dias de Almeida para o Brasil.
A descrição de Paulo Dias de Almeida de 1817.

A corte Portuguesa no Rio de Janeiro e o papel de nó de comunicações do porto do Funchal: o circuito das comunicações - Funchal - Londres - Rio de Janeiro - Londres - Funchal.
O pagamento da armada para o Brasil e a passagem da futura imperatriz Leopoldina pelo Funchal.

A génese das ideais liberais.
O pronunciamento do Porto e a Assembleia Constituinte. A adesão da Madeira: as lojas maçónicas, Sebastião Xavier Botelho e o bispo eleito de Elvas.
O papel do futuro conde de Carvalhal e a prisão do Bispo.

O regresso da corte do Brasil e a Constituição de 1820.
A independência do Brasil e os deputados brasileiros no Funchal.

A contra revolução do infante D. Miguel e da rainha D. Carlota Joaquina.
A Vilafrancada e a Abrilada; D. Manuel de Portugal e Castro e a Devassa de 1823

A morte de D. João VI e a regência da infanta D. Isabel Maria em nome de D. Pedro do Brasil.


Bibliografia

A fornecer on-line. Rui Carita, Paulo Dias de Almeida e a Descrição da Madeira, Funchal, 1982.


Data de Início: 2011-05-04

Data de Fim: 2011-05-04
Textos da Aula >>



[415 arquip�lagos, 31 visitas guiadas, 297 personalidades, 899 entradas de dicion�rios e artigos, 258 aulas online]
[Total: 80066 imagens e 10725 textos]
Valid HTML 4.01 Frameset Valid CSS!